Menino pede ajuda em estrada dois dias após família morrer em acidente

Uma criança de seis anos foi encontrada na estrada após seus pais e o irmão morrerem em um acidente, na BR-050, entre Uberlândia e Araguari, interior de Minas Gerais.

 

O carro com os corpos das vítimas foi encontrado caído em uma ribanceira: Menino pede ajuda em estrada dois dias após família morrer em acidente
© Reprodução / Arquivo Pessoal Menino pede ajuda em estrada dois dias após família morrer em acidente

Família de Campinas sofreu acidente em rodovia de MG; pai, mãe e filho mais velho morreram, menino de 6 anos (com rosto borrado na foto) sobreviveu. — Foto: Arquivo pessoal

Acidente Uberlândia Araguari BR-050 Campinas — Foto: TV Integração/Reprodução

O garoto foi achado no acostamento nesta terça pela manhã. Morreram no acidente o pastor Alessandro Monare, 37 anos, a mulher Belkis da Silva Miguel Monare, 35 anos, e Samuel da Silva Miguel Monare, 8 anos.

A família, que era de Campinas (93 km de SP), havia ido comemorar o aniversário de Belkis em Rio Quente (GO). Eles estavam desaparecidos desde a manhã do domingo.

Segundo parentes das vítimas relataram à polícia, pai, mãe e os dois filhos saíram de Rio Quente no domingo, por volta das 8h30. A previsão é que chegassem em Campinas à tarde. O pastor iria participar de um culto às 20h, na Igreja Batista Vista Alegre, da qual fazia parte havia seis anos.

Como não tinham notícias da família, parentes comunicaram o desaparecimento à polícia e aos bombeiros. Na segunda-feira, dois carros de familiares saíram de Campinas e refizeram o trajeto até a cidade de Goiás.

O menino de 6 anos foi encontrado no acostamento da rodovia por um caminhoneiro que passava pelo local e foi e levado até pronto socorro do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia. O estado de saúde dele é estável.

O carro com os corpos das vítimas foi encontrado caído em uma ribanceira. A polícia rodoviária suspeita que o motorista tenha perdido o controle do veículo. Com informações da Folhapress.



 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *