FEIRA LIVRE DE CAETÉS IGNORA A CRISE E CONTINUA CRESCENDO

O país mergulha cada vez mais numa crise econômico seríssima, o desemprego já ultrapassa a marca de 14 milhões de desempregados, os combustíveis e gás de cozinha aumentando semanalmente e, a região do Nordeste enfrenta uma estiagem prolongada que atinge gravemente a bacia leiteira e a produção de lavoura da agricultura familiar, molas mestras da nossa economia regional.


Na contramão disso tudo, a feira livre de Caetés se mantém crescente, atraindo novos feirantes, aumentando a oferta de variedades de artigos e gêneros alimentícios expostos na avenida principal da cidade, de aproximadamente mil metros de extensão.


Outro ponto no mínimo digno de ser analisado é, a feira acontece toda segunda-feira, e nos últimos anos, vem se registrando um grande movimento na cidade e consequentemente no comercio local, também, no dia de sexta-feira, praticamente, outro dia de feira em Caetés.


O governo municipal que já está na sua segunda gestão, logo no primeiro ano do primeiro mandato, para melhorar a feira-livre,  a instalou no centro da cidade, criou a guarda patrimonial para ordenação e maior  segurança, criou uma comissão responsável pela feira livre e optou em não cobrar absolutamente nada dos feirantes de Caetés e dos oriundos de outros municípios.


Hoje também podemos atribuir a este bom momento, ao arrojo dos comerciantes locais, com visão empreendedora investem em reformas e ampliações dos seus estabelecimentos, inovaram com novos negócios e até, empreendem noutros municípios.
É assim, com a união e o desprendimento dos setores público e privado que o município de Caetés avança a passos largos.
REPORTAGEM FOTOGRÁFICO RUDNEY VINÍCIOS:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *