Governo quer antecipar formatura de estudantes de medicina

 (Foto: Agência Brasil)
Foto: Agência Brasil

Com o intuito de reforçar as equipes de profissionais de saúde no país durante a pandemia da Covid-19, o governo federal quer antecipar as formaturas dos estudantes de medicinas que estão na etapa final da formação acadêmica. A medida seria parecida com uma tomada na Itália. Até o momento, o Brasil registrou 18 mortes e 1.128 casos confirmados de coronavírus, segundo o Ministério da Saúde. 


O intuito é que os formandos sejam alocados em lugares que permita o melhor aproveitamento de outros profissionais mais experientes.
O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, orientou também para que os prefeitos não afastem os profissionais com mais de 60 anos. A recomendação do ministro é redirecioná-los para atividade que não demande contato direto com pacientes suspeitos de coronavírus.

Diario de Pernambuco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *