Homem tortura e mantém mulher em cárcere privado e acaba preso, em Saloá

Um homem foi preso após manter sua ex-companheira, de 22 anos, em cárcere privado durante quase 24 horas em Saloà, no Agreste Meridional de Pernambuco.

De acordo com as primeiras informações, na noite de ontem, 14 de março de 2021, Alessandro de Souza, de 37 anos, chegou no Sítio Pau Santo, zona rural de Saloá, na residência do avô da vítima, e aplicou uma gravata na ex-companheira ameaçando-a com uma faca. Ato contínuo, o homem arrastou a mulher pra fora de casa e a levou embora.

As Polícias Civil e Militar foram acionadas e realizaram buscas constantes por vários sítios e fazendas no intuito de resgatar a mulher, e prender Alessandro, conseguindo êxito na tarde de hoje. A Mulher foi encontrada com severas marcas de agressão física provocadas pelo acusado, como mostram as imagens publicadas nesta reportagem.

Ainda segundo informações, Alessandro já foi preso 16 anos em São Paulo pelo crime de homicídio. Ele é reincidente na prática de violência doméstica já que no último dia 17 de fevereiro foi preso por ter agredido a mesma vítima. Como é de praxe nesse país, o homem foi levado a audiência de custódia e liberado.

(Com informações do Agreste em Alerta)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *