Jupi, Terezinha e Alagoinha: Três cidades de Pernambuco terão apenas um candidato a prefeito para disputar as eleições

jupi, no agreste meridional a eleição será com candidatura única, pois apenas o prefeito Marcos Patriota do DEM realizou convenção. A oposição não apresentou candidato. A ex-prefeita Celina do Republicanos abandonou o grupo nos últimos dias e os deixou sem candidato. 
A ex-prefeita retirou a pré-candidatura e chegou a apresentar Ivo Ferreira, porém o mesmo também desistiu. O vereador Jeffeton Monteiro aliado da prefeita fez um desabafo em redes sociais se queixando da ex-aliada, por ter abandonado o grupo é não ter ajudado na organização para que o grupo tivesse um candidato pelo menos.


Apenas quatro pessoas na oposição se organizaram para sair candidato a vereador, mas sem apoio, desistiram e só o Prefeito Marcos Patriota será candidato, mantendo como vice a atual vice-prefeita Rivanda.


Outra cidade onde a oposição não apresentou candidato para o pleito de 2020 foi em Alagoinha. Ulias Leal disputará a reeleição sem nenhum adversário. Isso não acontecia na cidade desde 1985. Um dos que lideravam a oposição na cidade conhecido como Ica Balbina disse que não participaria do pleito deste ano. Outro nome que chegou a ser ventilado, Tião Galindo simplesmente não quis.

A terceira cidade a não ter oposição na disputa é Terezinha. Situação tem à frente o prefeito Matheus Martins (PSB), mais o vice-prefeito Rogério Bezerra, oito vereadores com mandato, ex-prefeito Alexandre Martins e 10 partidos políticos, formando uma grande frente de correligionários.
A candidatura única é fato que acontecerá pela segunda vez em Terezinha, nos últimos 20 anos. A última vez foi em 2004,  na reeleição do ex-prefeito Ezaú Gomes, na época pertencente ao antigo PFL.


Por outro lado, a Oposição em Terezinha, liderada pelo atual vereador Adriano Campos (PCdoB), como divulgado, deve lançar uma chapa para disputar  a Câmara Municipal, não contando, assim, com uma candidatura majoritária.
Fantasia – Para que o prefeito de uma cidade que disputa sozinho seja eleito não existe essa fábula de que precisa ter mais votos que brancos e nulos. Caso 100 pessoas votem e destas, apenas 10 votem no prefeito, ele será eleito com 100% dos votos pois não entra na contabilidade do TSE, nem voto em branco, nem nulo e nem tampouco o não comparecimento para votar.


Aprovação – Na cidade de Terezinha, bem pertinho de Garanhuns, em uma pesquisa sobre a avaliação municipal, o Prefeito Matheus Marcos do PSB apareceu com mais de 70% de aprovação na cidade. No entanto, ninguém quis bater de frente com o homem.

Agreste em Alerta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *