Polícia prende mãe de criança de 3 anos morta após ser encontrada ferida em apartamento em SP

Gael de Freitas Nunes foi encontrado pela tia-avó já desacordado na cozinha do apartamento — Foto: Reprodução

Mulher foi presa após prestar depoimento na madrugada desta terça (11) e levada para o 89ºDP, no Portal do Morumbi. Gael de Freitas Nunes estava com a mãe na cozinha; de acordo com a polícia, a mãe teria passado por um surto.

A Polícia Civil prendeu na madrugada desta terça-feira (11) a mãe de Gael de Freitas Nunes, de 3 anos, que morreu após ter sido encontrado com ferimentos no apartamento da família na Bela Vista, no Centro de São Paulo.

A mulher prestou depoimento em uma delegacia na 1º Delegacia de Defesa da Mulher, no Cambuci, por volta da meia-noite, e às 5h30 foi levada para o 89ºDP, no Portal do Morumbi, que tem uma carceragem feminina. O teor do depoimento não foi divulgado.

CORREÇÃO: Inicialmente, o G1 informou que a criança foi encontrada morta no apartamento, mas o menino estava em parada cardiorrespiratória e morreu no hospital. A informação foi corrigida 8h20.

De acordo com a polícia, as investigações apontavam que a mulher teria agredido o próprio filho até a morte, nesta segunda-feira (10). O menino foi levado à Santa Casa de São Paulo, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com informações do Boletim de Ocorrência (BO), o menino foi encontrado desacordado na cozinha pela tia-avó; a mãe estava com ele. A criança morava com a mãe, com a tia-avó e a irmã de 13 anos.

O menino estava em parada cardiorrespiratória quando o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou ao apartamento e o levou ao hospital enquanto tentava reanimá-lo. No local, foi constatada a morte da criança (leia mais abaixo).https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

A Polícia Militar, que foi acionada pelo Samu, informou que a mãe teria passado por um surto psicótico. Ela foi encaminhada até o Hospital do Mandaqui, na Zona Norte, para ser medicada, na manhã de segunda-feira.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *