Profissionais e estudantes da saúde participam do projeto “Caetés é maior que a Covid-19”

Foi dada a largada no projeto “Caetés é maior que a Covid-19”, de cunho social, apolítico e apartidário, composto por estudantes e profissionais de saúde, idealizado por farmacêuticos, enfermeiros, nutricionistas e acadêmicos de farmácia, medicina, enfermagem e fisioterapia da cidade de Caetés, Pernambuco.

O projeto, que incluiu vídeos com aulas para profissionais de saúde, informativos rápidos sobre as principais dúvidas recorrentes sobre a doença, dicas sobre produção caseira de sanificantes e até entrevistas na rádio do município, visa levar informação precisa à população, bem como desfazer todas as “fake news” disseminadas nas redes sociais e outros meios de comunicação. 

Serão realizados treinamentos com cuidadores de idosos acamados, portadores de doenças demenciais como alzheimer, parkinson e outras doenças crônicas como diabetes, hipertensão e pacientes cardiovasculares.

As ações estão sendo realizadas nos finais de semana e a intenção é alcançar todo o município, levando informações para prevenir a disseminação de casos do coronavírus entre os moradores.

As primeiras ações foram de grande impacto, a população recebeu com alegria, apresentando grande preocupação em infectar-se e principalmente em transmitir para seus idosos. Além de mostrar que poderiam se proteger com produtos existentes em suas casas, como a água sanitária que ensinamos como manipular.  As entregas das unidades de álcool em gel e máscaras foi bastante elogiada pelos caeteenses. Nossas ações visam dar amparo para essas famílias e contribuir com o seu bem-estar.

As aulas são divulgadas sempre pelo canal no Instagram @caetesmaior (acesse aqui), sendo sempre realizada uma vez por semana, previamente divulgadas em grupos de redes sociais e no próprio canal. Os profissionais de saúde podem fazer perguntas durante a transmissão das aulas, e a temática é sempre com base em fake News disseminadas, essas que tem causado até nos profissionais de saúde insegurança. A maioria das aulas são baseadas em conteúdos com base na virologia, farmacologia e biossegurança, desfazendo cientificamente quaisquer fake news.

O canal direto de contato é via rede social, @caetes_maior, onde recebemos dúvidas das mais técnicas as mais populares, como transmissão do covid por alimentos, fezes, riscos para as grávidas, lactantes, uso racional de medicamentos, tratamentos e até mesmo sobre diagnósticos.

Por Arnon Andrade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *